Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

122
No comando: Programa Profetizando Vidas

Das 20:00 às 21:10

gggg
No comando: Programa Conexão Music

Das 21:10 às 23:00

ftt
No comando: Sequência Programada Da Sonic

Das 22:00 às 20:00

DJ e produtor sueco Avicii morre aos 28 anos

Compartilhe:
15242467005ada28ac95c3b_1524246700_3x2_lg

Avicii foi um dos maiores nomes da música eletrônica dos últimos anos. Seu primeiro sucesso nas paradas de eletrônica no mundo foi “Levels”, em 2011. Em 2013, lançou seu álbum de estreia, “True”, com o hit “Wake me up”, maior hit de sua carreira. Em 2015, lançou o álbum “Stories”.

Entre seus outros sucessos estão “Hey brother”, “I could be the one”, “Waiting for love”, “The nights” e “Levels”. Avicii era associado aos subgêneros da música eletrônica de house progressivo, electro house e EDM.

Ele produziu três faixas do disco “Rebel Heart” (2015), de Madonna, e ajudou a compor e produzir “A sky full of stars”, hit do Coldplay do ano anterior.

Outros astros da música eletrônica, como Calvin Harris, Marshmello e DJ Snake, lamentaram a morte de Avicii.

De acordo com a revista “The Hollywood Reporter”, Avicii sofria de pancreatite aguda, em parte pelo excesso de bebida alcoolica.

Em 2014, Avicii cancelou todos os compromissos profissionais daquele ano. Seus representantes disseram que o DJ iria descansar em sua casa em Estocolmo, e se recuperar de complicações relacionadas a cirurgias para remover o apêndice e a vesícula biliar, feitas no começo daquele ano.

A notícia levou a comentários sobre a aparência do cantor em redes sociais. Na época, fãs divulgaram fotos em que Avicii aparecia muito magro.

 

Fim das turnês em 2016 

Em março de 2016, ele escreveu uma carta aos fãs anunciando que iria , deixar de fazer turnês após o fim daquele ano.

“Eu nunca vou deixar a música de lado – continuarei a falar com meus fãs, mas decidi que esta turnê de 2016 vai ser a minha última, com meus últimos shows. Vamos fazer com que sejam um estrondo!”, escreveu ele em uma longa carta divulgada em seu site oficial. “Uma parte de mim diz nunca diga nunca, [diz que] eu poderia voltar – mas eu não vou voltar tão cedo.”

Avicii descreveu o momento em que tomou sua decisão: “Duas semanas trás, tirei um tempo para dirigir pelos Estados Unidos com meus amigos e minha equipe, apenas para olhar, entender e pensar sobre as coisas de uma maneira diferente. Isso realmente me ajudou a perceber que eu precisava fazer uma mudança contra a qual eu vinha lutando fazia um tempo”.

“Eu precisava dar um jeito na minha vida. Essa coisa toda do sucesso só pelo sucesso. Eu não estava conseguindo nenhuma felicidade mais”, Avicii disse à revista “Rolling Stone” em setembro de 2017, após o lançamento do EP “Avīci (01)”.

“A EDM começou a ficar saturada há quatro, cinco, seis anos, quando o dinheiro se tornou tudo. Daquele ponto em diante, eu comecei a não querer me associar mentalmente com a EDM”, ele completou.

 

Por: G1

 

Por: G1

Deixe seu comentário: