Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

122
No comando: Programa Profetizando Vidas

Das 20:00 às 21:10

gggg
No comando: Programa Conexão Music

Das 21:10 às 23:00

ftt
No comando: Sequência Programada Da Sonic

Das 22:00 às 20:00

No Maracanã vazio, Flamengo tropeça no Santa Fe pela Libertadores

Compartilhe:
000_1452x4-1024x671

éspera, a torcida do Flamengo fez uma grande festa, mas o entusiasmo da galera parece não ter contagiado a equipe. O Flamengo empatou com o Santa Fé por 1 a 1, em partida disputada na noite desta quarta-feira, no Maracanã vazio, e desperdiçou a chance de disparar na liderança do Grupo 4 da Libertadores.

O rubro-negro da Gávea segue na frente com cinco pontos ganhos, mas já pode ser ameaçado pelas outras equipes do grupo. O Santa Fe chegou a três pontos ganhos e ocupa a segunda colocação.

O resultado foi frustrante para a equipe dirigida por Mauricio Barbieri, que começou bem melhor, marcou um gol com Henrique Dourado e teve a chance de ampliar, mas numa falha bisonha do meia Diego. permitiu que a equipe colombiana chegasse ao empate. No segundo tempo, o Flamengo caiu muito de produção e ainda desperdiçou as poucas oportunidades que conseguiu criar.

Na próxima rodada, o Flamengo vai visitar o Santa Fe, em Bogotá. O River Plate vai receber o Emelec, em Buenos Aires.

O jogo – Mesmo com o estádio vazio, o Flamengo começou a partida com muito entusiasmo. Aos três minutos, Diego tabelou com Lucas Paquetá e bateu com grande perigo para o gol defendido por Zapata. A pressão rubro-negra se transformou em gol aos sete minutos. Diego bateu escanteio, o goleiro Zapata saiu mal e Henrique Dourado se antecipou, tocando de cabeça para as redes colombianas.

Mesmo em vantagem, o Flamengo não reduziu a pressão. Aos 12 minutos, após levantamento na área, a bola sobrou para o zagueiro Juan que bateu forte e Zapata fez grande defesa, evitando o segundo gol.

O Santa Fe levou 15 minutos para se aproximar da defesa carioca. O time colombiano encontrava grande dificuldades para chegar ao ataque e seus ataques eram facilmente contidos pela boa marcação da equipe da Gávea.

Aos 24 minutos, Lucas Paquetá tentou tocar para Vinicius Junior, mas o zagueiro Tesillo interceptou o passe, mas errou ao tentar atrasar para o goleiro Zapata que precisou usar as mãos para evitar o segundo gol. O árbitro marcou tiro indireto na área. Na cobrança, Diego chutou, mas Vargas conseguiu desviar para escanteio.

Aos 30 minutos, o Santa Fé empatou. Diego errou na saída de bola e Plata fez passe perfeito para Morelo, que invadiu a área e tocou na saída de Diego Alves para deixar tudo igual.

Depois de sofrer o gol do empate, o time carioca ficou abalado e passou a encontrar mais dificuldades para organizar jogadas ofensivas. Aos 39 minutos, Pajoy bateu, mas Diego Alves defendeu sem dificuldades.

Deixe seu comentário: